Análise do compressor
FacebookTwitterLinkedInEmailPrint

Mantenha o seu compressor em dia com as melhores dicas para manutenção!

Análise do compressor

A manutenção do compressor pode significar um problema para você? Ao usar um compressor de qualidade original, como o da Delphi Technologies, você pode evitar futuras dores de cabeça. Veja abaixo algumas dicas valiosas para entender melhor os sinais mais comuns de problemas e falhas do compressor, e aprenda a resolvê-los seguindo alguns passos simples, mas efetivos.

O compressor é sem dúvida uma das partes mais importantes do sistema de ar condicionado (AC) de um veículo. Assim como o coração em um corpo humano, ele circula a essência do sistema, neste caso o óleo refrigerante, que é vital para o funcionamento adequado do sistema. Em resumo, e como o nome sugere, ele puxa o gás do evaporador, comprime-o e o entrega em alta pressão e alta temperatura ao condensador, onde é convertido em um gás refrigerante que resfria o ar na cabine do veículo.

 

Por que os compressores apresentam falhas e o que procurar?

Como o compressor funciona em um ciclo contínuo ligando e desligando, ele está sujeito ao desgaste sempre que o AC é ligado. A falta de lubrificação é, no entanto, a causa mais comum de falha do compressor. Isso pode acontecer quando há um vazamento de líquido refrigerante em uma mangueira, o-ring, compressor, condensador ou evaporador, um tubo de orifício bloqueado ou válvula de expansão ou uma quebra do próprio lubrificante devido à contaminação. Como o compressor depende apenas de alguns gramas de lubrificante para manter suas peças em movimento, qualquer perda pode fazer com que o compressor seque e acabe se desgastando.

Outra causa comum de falha é a presença de ar e umidade no sistema. Para operar em sua melhor forma, um sistema AC deve conter menos de 2% de ar por peso. O ar pode entrar por um vazamento e/ou por não evacuar o sistema antes de recarregá-lo, causando corrosão e possíveis falhas prematuras.

Quando um compressor começa a falhar, ele normalmente produz alguns sinais de aviso. Por exemplo:

  • Resfriamento reduzido da cabine: como o compressor é responsável pela pressurização e distribuição do líquido refrigerante, um compressor defeituoso não poderá mais regular o fluxo e, como resultado, o restante do sistema não funcionará corretamente.
  • Ruídos quando o AC está ligado: por exemplo, um som agudo pode ser causado por um compressor ou embreagem danificados. Um som de peças raspando pode indicar baixos níveis de lubrificante.
  • A embreagem não está funcionando: a embreagem permite que a polia engate e desengate do motor, para que o compressor gire somente quando necessário. Uma embreagem presa resultará na ativação permanente do compressor. Consequentemente, uma embreagem quebrada interromperá a entrega da potência do motor ao compressor.

 

Dica Técnica: Instalação

Você pode reduzir a chance de um compressor retornar para sua oficina seguindo estas dicas fáceis de instalação:

  • Inspecione o sistema e verifique se há contaminação: procure por restos de metal, lubrificantes turvos ou descoloridos e resíduos químicos. Se presente - lave o sistema e instale um filtro de linha e uma tela de sucção. Além disso, remova todo o material químico antes de recarregar o sistema para evitar problemas futuros de desempenho e possíveis falhas.
  • Equilíbrio do óleo no compressor: ao instalar um novo compressor em um veículo, é importante certificar-se de que o compressor contém o tipo e a quantidade correta de óleo lubrificante. A primeira coisa a considerar ao executar uma dosagem de óleo é a quantidade de óleo contido no compressor de substituição. Isso pode variar de uma carga completa de óleo (236 ml) a uma meia carga de óleo ou nenhum óleo. Se houver óleo no compressor de substituição, ele deve ser removido e reinstalado na quantidade correta para equilibrar adequadamente o sistema. Apenas lembre-se de seguir as instruções fornecidas ou no manual do veículo para saber quanto óleo adicionar ao compressor.
  • Use o óleo refrigerante correto: além de adicionar a quantidade correta de óleo a um compressor de substituição, tenha em mente a viscosidade do óleo. Use a viscosidade do óleo recomendada pelo fabricante do compressor. A viscosidade incorreta pode criar ruído anormal do compressor e desgaste prematuro de componentes internos.
  • Gire a embreagem do compressor: depois de adicionar o óleo ao compressor, uma boa dica é girar a embreagem do compressor pelo menos quatro voltas completas antes da instalação da peça. Isso tem dois propósitos. Girar a embreagem circula o óleo pelo compressor, o que reduz o potencial de danos devido a rolamentos secos, bem como o torque inicial quando a embreagem é acionada pela primeira vez. Dependendo do modelo, alguns compressores têm um alto torque inicial. Se o torque for alto quando o compressor estiver engatado, o torque criado pode fazer com que a correia de acionamento do compressor arrebente ou cause a parada do motor. A rotação da embreagem do compressor pode ser feita manualmente, com uma chave de boca ou ferramenta de virada do compressor.
  • Evacue adequadamente o sistema: remova toda a umidade dentro do sistema. Se você não fizer isso, quando o sistema for recarregado, a umidade e o óleo reagirão - quando o óleo PAG e a umidade se misturam, formam um ácido, causando danos e falhas potenciais.
  • Substitua os componentes de suporte: quando o compressor falha, muitas vezes contamina o desidratador do condensador e do acumulador. Lembre-se de verificar todo o sistema quanto à contaminação e substituir os componentes relacionados, conforme necessário.

É claro que, tendo acesso aos produtos certos, ferramentas e conhecimento corretos também ajudará a reduzir qualquer reclamação de clientes. Com uma rica herança do mercado original, a Delphi Technologies oferece um portfólio completo para o sistema de ar condicionado - compressores, condensadores, filtros de cabine, válvulas de expansão, pressostatos, secadores, bomba d’água, radiadores, aditivos - projetados para maior economia de combustível, redução de emissões e maior tempo de conforto.